by /0 comments

Termina greve dos professores da Unicamp; alunos continuam parados

Sindicato quer discutir ainda a “ligação da Secretaria de Ensino Superior com os interesses do sistema privado”

Professores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) votaram nesta quinta-feira, 14, em assembléia, o fim da greve parcial iniciada em 24 de maio. Segundo informou o vice-presidente da Associação dos Docentes da Unicamp (Adunicamp), Edmundo Fernandes Dias, uma das mais importantes vitórias da categoria foi o recuo do governo do Estado em decretos que, na opinião dos docentes, afetavam a autonomia da universidade, diz o jornal O Estado de S. Paulo.

“Ainda assim, ficam questões de como vamos lutar daqui pra frente pela defesa da universidade pública paulista, questões pendentes do ponto de vista de infra-estrutura, do ponto de vista da ligação da Secretaria de Ensino Superior com os interesses do sistema privado”, afirmou Dias.

Os alunos da Unicamp também se reuniram em assembléia e decidiram pela continuidade da greve. A universidade registra paralisação estudantil em ao menos 12 dos 58 cursos. A greve começou no dia 16 de maio.

Segundo Diego Machado de Assis, 21 anos e um dos representantes do Diretório Central do Estudantes, os alunos pedem 33% do Orçamento do Estado, em 2008, em verbas para a educação, 11,6% para universidades estaduais.

аудит сайта стоимостьмихаил безлепкин детибаня из профилированного бруса