by /0 comments

Universidade é denunciada por selecionar só bons alunos para o Enade

O site do jornal O Estado de S. Paulo revela que três professores e um ex-funcionário da instituição confirmaram a denúncia

O Ministério da Educação enviou um ofício à Universidade Paulista (Unip) cobrando explicações sobre uma denúncia de que ela estaria selecionando apenas os melhores alunos para fazer o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

O site do jornal O Estado de S. Paulo revela que três professores e um ex-funcionário da instituição confirmaram que existe uma orientação para escolher apenas os alunos com melhores notas para fazer a avaliação.

Em nota, a Unip não cita a acusação e diz que “tem se saído muito bem no Enade… e esses resultados decorrem das medidas que são continuamente tomadas… independentemente das avaliações externas”.

Quarta maior universidade do País, com 200 mil estudantes, a Unip tem 10 diz para responder o ofício do MEC.

Para o jornal, se a denúncia for comprovada poderá colocar sob suspeita o sistema de avaliação do ensino superior.

A denúncia enviada ao MEC diz que os estudantes de desempenho médio para baixo ficam com notas em aberto na época da inscrição para o Enade. Com isto, este alunos não completam a carga horária e só os melhores fazem o exame.

O site Estadão.edu informa que em 2007, a Unip tinha quatro cursos com nota 4 e 5 no Enade. Em 2010, esse total saltou para 69.

“Os números mostram que eles estão selecionando os alunos que prestam o Enade para melhorar a nota”, disse um dirigente de uma concorrente da Unip, não identificado, aos repórteres Sergio Pompeu, Carlos Lordelo e Cedê Silva. Ele disse que a melhora do desempenho da universidade no Enade já levanta suspeitas no mercado há meses.

A denúncia, feita em um relatório de um especialista do ensino superior, compara o número de alunos que entra na faculdade ou universidade (ingressantes) e o de inscritos no Enade.

Em 2007, 13.358 estudantes entraram no 1º ano em cursos superiores de nutrição no País. Naquele ano, as faculdades e universidades inscreveram no Enade 6.631 alunos (49,6% do total de ingressantes). Em sete unidades da Unip no Estado de São Paulo, essa relação porcentual era ainda mais alta, de 53,4%.

Leia a íntegra da reportagem do Estadão.edu

магазин видеокамерсоздать сайт визиткуfruits