by /0 comments

Universidade Estadual da Paraíba ajudará presos e presas

Convênio prevê a construção de espaços para diversas atividades de educação, saúde, cultura e justiça
Os presos e presas da Penitenciária de Campina Grande irão contar com a ajuda dos alunos da Universidade Estadual da Paraíba (UFPB) em projetos de educação, saúde e direito. É o que prevê um convênio entre a universidade e a Secretaria de Administração Penitenciária, assinado no último dia 15. A estimativa é que o projete beneficiará cerca de 400 apenados.

Segundo da UFPB, o objetivo é promover ações sócio-educativas nos presídios masculinos e femininos, através da construção de espaços para diversas atividades. O documento prevê a construção de uma escola com oito salas de aulas, bibliotecas, berçário para os filhos das detentas, um salão multiuso, oficinas de aprendizagem, marcenaria, fábrica têxtil, fábrica para confecção de mochilas, um escritório de Direito e um parlatório para audiências.

Haverá também projetos em prol da saúde dos detentos, em parceria com os cursos de Odontologia, Enfermagem, Psicologia e Fisioterapia da UEPB.

A gerente executiva de Ressocialização do Estado, professora Ivanilda Gentle, espera que o convênio ajude na ressocialização dos dententos. “A UEPB vem viabilizar a realização das obras, disponibilizando recursos, além iniciativas de educação formal e profissional, pois ainda há uma grande preocupação em promover o retorno do preso à sociedade, devolvendo sua cidadania, humanização, relações interpessoais e a reinserção no mercado”, disse.консульство австрии в харьковемунтян возрождение киевjakpot games