Volta às aulas: veja ações de acolhimento na rede estadual

Cerca de três milhões de alunos da rede estadual de São Paulo foram autorizados a retomar as aulas presenciais, em sistema de rodízio, na última segunda-feira (8).

Por todo o Estado, as escolas estaduais se organizaram em diferentes ações de acolhimento para receber os alunos para o início do ano letivo de 2021. Algumas unidades não atendiam os estudantes desde o mês de março, quando tiveram de ser fechadas por conta da pandemia do coronavírus.

Na Escola Estadual Regina Coutinho Nogueira, em Campinas, que possui alunos dos primeiros anos do ensino fundamental, o diretor Gilson da Silva Porto vestiu uma fantasia do Batman e foi para frente da escola para receber as crianças. Era o próprio super-herói que aferia a temperatura dos alunos, para de fato, liberar a entrada.

“Pensei em fazer uma estratégia diferente para o acolhimento, já que os professores já fariam algo dentro da sala de aula. Escolhi o Batman porque é um super-herói que eles gostam, é lúdico e sempre aparece nos jogos. Aluguei a fantasia e fui para frente da escola”, disse ele que há 35 atua na área da educação.

O diretor conta que a ideia foi aprovada, deixou todos curiosos, e alegrou as crianças neste dia que marcou a retomada das aulas, esperada por todos.

“Todos que trabalham na área da educação sentem falta dos alunos, foi muito importante essa retomada consciente com os protocolos de segurança tanto para os alunos quanto aos profissionais da educação.”

Na Escola Estadual Milton da Silva Rodrigues, na Capital, a tradicional fanfarra formada pelos alunos estava à espera dos estudantes. Para entrar na escola, eles passavam por um tapete vermelho ao som da banda e embalados por dançarinos.

Em Perus, na Escola Estadual Gavião Peixoto, os alunos puderam falar em uma roda de conversa quais são os seus desejos para 2021. Eles escreveram em pequenos pedaços de papéis e depois colaram em um painel que representa uma árvore.

Regras para o retorno

Na rede estadual, neste início do ano letivo, a presença é limitada a até 35% dos alunos matriculados. Cada unidade poderá definir como irá realizar o rodízio de alunos e suas atividades presenciais e remotas. A carga horária também poderá ser adaptada para o cumprimento das normas.

Todas as escolas da rede estadual vão obedecer a uma série de critérios para receber alunos, professores e servidores. Ao adentrarem nas unidades, todas as pessoas terão a temperatura aferida. Quando estiver acima de 37,5 graus, será orientado o retorno para casa.

Estudantes e servidores devem lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70% ao entrar na escola. É obrigatório o uso de máscara de tecido dentro da escola. Os servidores devem utilizar além da máscara de tecido, o face shield (protetor de face) durante sua jornada laboral presencial.

Eventos como feiras, palestras, seminários, festas, assembleias, competições e campeonatos esportivos estão proibidos. Já as atividades de educação física, arte e correlatas podem ser realizadas, preferencialmente ao ar livre. Dentro das salas de aula, os alunos devem manter o distanciamento de 1,5 metro.

Originalmente publicado em...