Unicamp e CLOO lançam projetos para pesquisar mudanças de comportamento provocadas pela pandemia

Campinas, Março de 2021 – A disseminação do coronavírus provocou enormes transformações em todo o mundo desde que a pandemia global foi decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em março do ano passado. As transformações sentidas em todos os setores da sociedade são tantas e tão variadas que suas consequências serão objeto de análise por muito tempo. Uma importante iniciativa brasileira para pesquisar esse impacto da pandemia nas mudanças de comportamento é a criação da Behavioral Change Initiative (BCI), acordo de cooperação técnica dedicado à aplicação das Ciências Comportamentais a intervenções e políticas públicas na cidade universitária da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). O BCI é uma iniciativa da Unicamp, através do Laboratório de Estudos do Setor Público (LESP), da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), com a CLOO Behavioral Insights Unit.

O lançamento do BCI será feito oficialmente no dia 7 de abril, em um evento online com convidados e aberto ao público. Na ocasião, o professor Carlos Mauro, chief scientific officer da CLOO ministrará a palestra “Ciências Comportamentais aplicadas às Políticas Públicas”.

Desenhado conjuntamente pela Unicamp e CLOO, o primeiro projeto do BCI vai estimular mudanças comportamentais relativas aos protocolos sanitários definidos pela World Health Organization e pela Unicamp. Os detalhes do projeto foram anunciados no “I Workshop de Ciências Comportamentais aplicados ao Compliance Sanitário”, evento online realizado em janeiro de 2021 onde foram discutidas iniciativas para impactar positivamente a comunidade universitária – alunas(os), professoras(es), funcionárias(os) – e consequentemente diversos setores da sociedade, como fundações, empresas e outras instituições de ensino. O segundo projeto de pesquisa do BCI terá o objetivo de compreender as mudanças comportamentais relacionadas ao trabalho remoto, indicando intervenções e políticas que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas, tanto no ambiente universitário, foco da intervenção, quanto no setor público e na iniciativa privada, em empresas brasileiras e internacionais. 

Os insights comportamentais têm sido utilizados por governos ao redor do mundo, principalmente na última década, para promover políticas públicas focadas na melhoria da qualidade de vida dos indivíduos. A ideia central é que a tomada de decisão por parte dos indivíduos pode ser bastante influenciada por pequenas mudanças no contexto. A fundamentação teórica vem das ciências comportamentais, campo multidisciplinar que integra conhecimentos da economia, psicologia, filosofia, sociologia, entre outras ciências sociais.

Com o apoio do reitor Prof. Marcelo Knobel e da pró-reitora de graduação Prof.a Eliana Amaral, o acordo de cooperação técnica entre Unicamp e CLOO é coordenado pelas professoras Juliana Pires de Arruda Leite, Milena Pavan Serafim (Unicamp) e pelo professor Carlos Mauro (CLOO).

A professora Juliana Leite aponta que “esta cooperação técnica com a CLOO trará resultados muito importantes, não só para a comunidade da Unicamp, mas também para a sociedade. As temáticas trabalhadas nos projetos envolvem mudanças de paradigma trazidas pela pandemia que permanecerão no cotidiano da população, e que portanto terão impactos de médio e longo prazo.”

Para o professor Carlos Mauro, “a cooperação entre a Unicamp e a CLOO expressa o interesse conjunto na produção de impacto social por meio da pesquisa científica aplicada. Todos os dados e resultados estarão abertos, ficando disponíveis para outros pesquisadores e interessados, independentemente dos resultados. As aplicações das Ciências Comportamentais são fundamentais para garantir eficácia, efetividade e eficiência das políticas públicas nesse contexto ”, conclui.

A professora Milena Serafim reforça que “os resultados das intervenções terão desdobramentos muito interessantes a serem compartilhados com outras instituições, sejam elas públicas ou privadas. A disseminação de conhecimento gerado no âmbito da universidade, em colaboração com diversos stakeholders, é uma premissa estruturante da universidade e, claro, uma diretriz da nossa cooperação”. 

Evento de lançamento do Behavioral Change Initiative (BCI), iniciativa da Unicamp, através do Laboratório de Estudos do Setor Público (LESP) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), em parceria com a CLOO Behavioral Insights Unit.

Data:  7 de Abril de 2021
Horário: 17h30
Acesso: https://www.youtube.com/tvunicamp

Sobre a CLOO

A CLOO é uma Behavioral Insights Unit que realiza projetos de interesse público e social. O seu propósito é a aplicação das Ciências Comportamentais ao desenvolvimento de intervenções e políticas de mudança comportamental para melhoria da qualidade de vida dos indivíduos. O escopo de atuação da CLOO tem como foco o desenvolvimento de inovações que geram mudanças em comportamentos específicos em contextos de mobilidade, saúde, educação, segurança, integridade, sustentabilidade, entre outros. As abordagens utilizadas são cientificamente fundamentadas e a equipe trabalha em estreita colaboração com diversos parceiros, tais como governos, fundações, ONGs e empresas na Europa e no Brasil. Para mais informações: https://cloo.pt/?lang=pt-pt

Originalmente publicado em...