Unicamp recebe doação de 30 laptops para estudantes em vulnerabilidade

foto mostra funcionária da unicamp segurando um dos laptops doados
Equipamentos doados pela empresa serão direcionados a alunos que necessitam de apoio à inclusão digital (foto: reprodução)

A Unicamp recebeu nesta semana a doação de 30 laptops da Matera, empresa filha da Universidade que desenvolve sistemas digitais para o mercado financeiro. Os equipamentos vão contribuir com o Programa de Inclusão Digital para Ingressantes da Unicamp (PIDIU) e a campanha Equipamento Solidário e serão enviados a alunos da Universidade em situação de vulnerabilidade social, que precisam de apoio para manutenção do ensino remoto. Neste ano, todo o processo de solicitação, acompanhamento e posterior devolução dos equipamentos cedidos aos estudantes será centralizado no site Inclusão Digital – Unicamp. As campanhas também contam com ação CompSocial, iniciativa complementar organizada pelo Instituto de Computação (IC). 

Criada em 1987 por cinco alunos da Unicamp, a Matera inclui entre seus valores a promoção de ações que contribuam com a melhoria da educação. “Estamos enfrentando uma crise sanitária e econômica mundial. Mais do que nunca, precisamos unir forças e fazer desse momento tão difícil algo bom para a sociedade, por isso, a Matera se uniu a Unicamp doando notebooks para alunos carentes para que possam seguir com os estudos. Segundo palavras de um dos sócios da Matera e ex-aluno aluno da Unicamp, ‘sempre chega um momento de retornar aquilo que recebemos’, e agora a oportunidade chegou!”, explica Denise Castilho, Gerente Ambiental, Social e de Governança (ESG) da Matera. 

foto mostra os laptops doados
Trinta laptops foram doados pela Matera. Outras empresas também podem contribuir com a campanha. (foto: reprodução)

A doação feita pela Matera se une a outras contribuições de pessoas física e de empresas para as ações da Unicamp de captação de equipamentos usados para beneficiar os estudantes em situação de vulnerabilidade. Para ampliar o número de contribuições, o Instituto de Computação realiza uma campanha complementar à ação central da Universidade, chamada CompSocial. Idealizada pelo professor do IC, Anderson Rocha, e por sua esposa, Ana Dias, a ação tem o objetivo de entrar em contato com pessoas físicas e jurídicas, como ex-alunos e empresas filhas da Unicamp, que possam contribuir com a doação de laptops, tablets e/ou computadores, e de recursos financeiros, que serão revertidos para a compra de tablets aos alunos em situação de vulnerabilidade. 

“Essa doação da Matera é muitíssimo importante. Até agora já arrecadamos cerca de 80 equipamentos, com essa doação da Matera chegamos a 110. Mas estamos ainda longe de nossa meta, que é pelo menos 500 equipamentos, pois temos muitos alunos em situação de vulnerabilidade que precisam desse apoio”, comenta Anderson Rocha. Ele explica que todas as arrecadações vão compor o montante de equipamentos da campanha Equipamento Solidário e do PIDIU. 

Pessoas físicas e empresas podem contribuir com a campanha organizada pelo IC. Para doação de equipamentos, basta preencher um formulário disponível neste link. Já para doações financeiras, o formulário está disponível neste endereço. Também é possível entrar em contato diretamente com o docente pelo e-mail anderson.rocha@unicamp.br. 

foto mostra o professor do ic anderson rocha
“Temos muitos alunos em situação de vulnerabilidade que precisam desse apoio”, comenta Anderson Rocha. Meta da campanha do IC é de arrecadar 500 equipamentos. (foto: Antonio Scarpinetti)

“Depois de um ano, aprendemos muita coisa”

A iniciativa da Unicamp de disponibilizar equipamentos e chips de acesso à internet aos estudantes em vulnerabilidade social começou em 2020. Com a necessidade de manter as atividades de graduação e pós-graduação ainda no formato remoto, por conta da situação da pandemia do coronavírus, neste início de novo ano letivo, a campanha foi retomada visando auxiliar mais estudantes, incluindo os que ingressaram na Universidade em 2021. 

“Ficou claro para todo o Voluntariado do Observatório de Direitos Humanos (ODH) o quanto esse pequeno programa de apoio a atividades acadêmicas remotas pode ser estratégico para manter, ampliar e fortalecer uma política assumida com muita convicção pela universidade: nossa política de inclusão”, analisa Josianne Cerasoli, coordenadora do ODH, órgão ligado à Diretoria Executiva de Direitos Humanos (DEDH) da Unicamp responsável pela logística da campanha. 

Segundo a docente, no ano passado foi possível atender a mais de mil solicitações de empréstimo de equipamentos. Para aprimorar essa atenção a estudantes, neste ano o programa está organizado em duas frentes, uma voltada ao atendimento de ingressantes com perfil social que já indica a necessidade de apoio e outra para dar continuidade ao atendimento de estudantes já matriculados nos cursos de graduação e pós-graduação. 

foto mostra pessoas beneficiadas com os equipamentos emprestados pela unicamp
Em 2021, solicitações, entregas e doações de equipamentos serão centralizadas no site inclusãodigital.ic.unicamp.br (fotos: reprodução)

A atenção aos calouros em vulnerabilidade vai ocorrer por meio do Programa de Inclusão Digital para Ingressantes da Unicamp (PIDIU), lançado em fevereiro. Ele é destinado aos novos alunos contemplados pelas bolsas do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE), de acordo com sua classificação no processo seletivo, e aos estudantes admitidos pelo Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFIS). Os demais estudantes da Universidade podem ser beneficiados pelo programa Equipamento Solidário. 

Todas as inscrições, acompanhamento de solicitações, agendamento de retiradas e devoluções serão centralizadas na página Inclusão Digital – Unicamp (inclusaodigital.ic.unicamp.br). Nela, os estudantes devem se cadastrar com o número de RA e seguir as instruções da página. 

Josianne também lembra que é possível contribuir com doações de equipamentos usados e devolver equipamentos já emprestados em 2020 que não serão utilizados em 2021. “Estudantes que receberam apoio em 2020 e já se formaram ou precisaram trancar as matrículas podem nos devolver os equipamentos e chips para podermos apoiar outros estudantes. Neste momento, estamos checando as matrículas ativas e buscando contatos com esses ‘novos solidários'”, comenta. Neste caso, é necessário entrar em contato pelo e-mail voluntariado@dedh.unicamp.br para agendar a entrega. 

Originalmente publicado em...