Instagram para difundir e monitorar hábitos de saúde entre jovens

Como fazer com que os jovens melhorem os hábitos saudáveis de saúde e evitem, por exemplo, o uso de drogas, álcool ou tenham comportamento sexual de risco? Em 2019, surgiu o projeto de iniciação científica chamado de Instagram Educativo. O projeto, inicialmente, era restrito a adolescentes de uma escola estadual de Barão Geraldo, em Campinas, SP. Entretanto, o agravamento da pandemia de Covid-19, em 2020, fez com que o projeto fosse readaptado. O perfil no Instagram, então, passou a ser Jovens Ideias e aberto a qualquer pessoa interessada no assunto.

A primeira publicação foi em julho de 2020. Atualmente, o perfil Jovens Ideias já tem mais de 130 publicações e mais de 490 seguidores. O objetivo permanece o mesmo: a prevenção, por meio da aquisição de conhecimentos e mudanças de hábitos pelos jovens de qualquer idade. Qualquer adolescente pode acompanhar as postagens. Se tiver mais de 18 anos, recebe um convite para responder a um questionário inicial e participar de uma pesquisa. Após seis meses, o participante da pesquisa receberá um questionário final para responder novamente. 

“O público-alvo da pesquisa são, principalmente, os adultos jovens, mas qualquer pessoa com 18 anos ou mais poderá responder os questionários. O questionário inicial e o final são comparados para verificar se houve ganho de conhecimento sobre saúde e mudanças de hábitos de vida do participante”, explica Letícia Mansano, aluna do terceiro de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp e uma das idealizadoras do projeto.

Redes sociais e Instagram

O uso de redes sociais e seu impacto são um fenômeno recente e tem sido alvo de estudos de diversas áreas do conhecimento em busca da compreensão de sua influência nas diferentes populações. O Instagram é uma das ferramentas mais usadas pelos internautas, principalmente pelos jovens.

“A rede social apresenta grande capacidade da difusão desses conteúdos, visto que são publicados em uma rede social aberta e indivíduos de outras faixas etárias podem participar. A comunicação de alto alcance das mídias sociais nos permite promover saúde e auxiliar na melhora da qualidade de vida do público jovem por meio da divulgação de conhecimentos e informações em saúde”, conclui Letícia.

Sobre o projeto

O Instagram Jovens Ideias faz parte de um grupo de pesquisa chamado Neuroeducation Research Group (NGR), vinculado ao Brazilian Institute of Neuroscience and Neurotechnology (CEPID Brainn) da Unicamp. O projeto é desenvolvido por Letícia Mansano e Paula Maria Bernardes Camargos, alunas do terceiro e quinto anos de medicina da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, respectivamente. A orientação é do pós-doutorando e orientador de Iniciação Científica, Ricardo Rodrigues Nunes e da professora do Departamento de Pediatria da FCM da Unicamp Lília Freire Rodrigues de Souza Li, coordenadora geral do projeto.

Originalmente publicado em...