HC instala focos cirúrgicos de LED com tecnologia de última geração

O centro cirúrgico do Hospital de Clínicas concluiu a instalação de três focos cirúrgicos modelo XLED da empresa norte americana STERIS Corporation. Os equipamentos são os mais modernos disponíveis no mercado mundial e permitem diversas configurações com temperatura de cor fixa ou ajustável, para cada tipo de necessidade de iluminação cirúrgica. Os focos são os primeiros que possuem tecnologia de câmera HD acoplada e integrada a monitores. Os três equipamentos foram adquiridos por R$ 251.999,76 com recursos de emenda parlamentar da senadora Mara Gabrilli.

A coordenadora do centro cirúrgico, professora Elaine Cristina de Ataíde, explica que os novos focos possuem a maior capacidade luminosa para esse tipo de equipamento disponível no mercado, podendo chegar até 160.000 Lux. “Hoje mais da metade das 16 salas cirúrgicas utilizam tecnologia LED que não distorcem as cores, não emitem calor graças a luz fria e possuem ajustes de temperatura de cor e intensidade luminosa dando mais precisão para visualização dos diferentes tipos de tecidos”, explica Ataíde.

Elaine Ataíde ressalta que as tecnologias presentes nos focos permitem ao cirurgião de um transplante hepático ou de cirurgia de grande porte, por exemplo, o controle de uma iluminação gradativa, sem a presença de sombreamento e que melhora substancialmente a visualização do campo cirúrgico.”São tecnologias que ajudam a consolidar o implemento da segurança do paciente que é um dos alicerces de nossa instituição”.

De acordo com a enfermeira e diretora administrativa do centro cirúrgico, Ana Paula C. I. Alves, a tecnologia de sensores de bloqueio físico da iluminação (redutor de sombras) nas cúpulas dos focos, que reduzem automaticamente a intensidade luminosa da área bloqueada, e realizam a compensação automática aumentando a intensidade luminosa das demais áreas da cúpula, serão de extrema relevância na agilidade e qualidade dos procedimentos.

Os braços das cúpulas de iluminação dos novos focos permitem a rotação infinita, precisa e suave que também evita problemas na área da cabeça do cirurgião ou do instrumentador, proporcionando mais conforto em cirurgias de longa duração, como os transplantes que podem chegar até 10 horas.

Além de duráveis e baixo consumo de energia, a tecnologia do modelo XLED da STERIS possui um sistema para captação e transmissão de vídeo em alta definição, em tempo real. “Para um hospital de ensino como o nosso, as câmeras integradas aos focos, possibilitam que as cirurgias sejam assistidas por alunos, residentes e pós graduando, em programas de ensino e cursos de extensão, ampliando a capacitação para a carreira profissional”.

Matéria original publicada no site do Hospital de Clínicas da Unicamp. 

Originalmente publicado em...