Vice-governador e Secretário da Educação de SP visitam escola estadual em Ferraz de Vasconcelos para entrega do programa Dignidade Íntima

Nesta quinta-feira (22), o Vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, e o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, realizaram um ato simbólico para a entrega do voucher de R$ 30 milhões destinados ao programa Dignidade Íntima. O evento ocorreu na Escola Estadual Professor Mario Manuel Dantas de Aquino, em Ferraz de Vasconcelos. Para a unidade serão mais de R$ 7,2 mil reais para a compra de absorventes que devem beneficiar 400 alunas em idade menstrual.

“A população de Ferraz de Vasconcelos pode continuar contando com nosso Governo. Nós trabalhamos muito planejando, organizando e agora executando boas ações. Mesmo em um momento tão difícil de enfrentamento da COVID-19 o Governo de SP tem sido exemplo, não só no combate à pandemia, mas também nas ações de políticas públicas que vão ajudar a nossa comunidade”, afirmou Rodrigo Garcia.

Através do programa Dignidade Íntima serão beneficiadas cerca de 1,3 milhão de estudantes entre 10 e 18 anos – idade menstrual – em todo o estado de São Paulo, sendo que a prioridade são as que se encontram em situação de vulnerabilidade.  A compra dos produtos será feita via Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE-SP). Os recursos serão repassados conforme valor per capita, exclusivo para a finalidade do Dignidade Íntima, sendo que o valor mínimo é de R$5,00 por estudante elegível.

“Eu faço parte hoje de um governo que tem investido muito em Educação, como há muito tempo não se fazia. Por isso eu desafio as pessoas a visitarem as escolas estaduais, verem de perto tudo isso. E se preparem, porque elas vão melhorar ainda mais”, declarou Rossieli Soares.

Em Ferraz de Vasconcelos, as 17 escolas estaduais irão receber quase R$ 140 mil para beneficiar 6,2 mil estudantes. Na Diretoria de Ensino (DE) de Suzano, que abrange ambos os municípios, no total 62 escolas estaduais terão à disposição cerca de R$ R$ 520 mil para atender 22,4 mil alunas.

“O Dignidade Íntima e o PEI são mais que programas educacionais, são ações de cuidado com a comunidade escolar. Esses programas além de melhorarem os índices de aprendizado e diminuir a evasão, fazem os estudantes se sentirem vistos como cidadãos, seja dando um absorvente ou proporcionando mais tempo na escola”, disse Mara Silva, dirigente de ensino da região de Suzano.

O objetivo do Dignidade Íntima é beneficiar principalmente estudantes em situação de vulnerabilidade econômica e social. Os protocolos de distribuição dos itens possuem como principal diretriz garantir privacidade e cuidado, criando múltiplos canais de atendimento para as alunas que precisam.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 1 entre 10 meninas no mundo sofrem com o impacto da pobreza menstrual na vida escolar. No Brasil, estima-se que esse número seja 1 em 4. Em 2014, a ONU reconheceu o direito à higiene menstrual como uma questão de direito humano e à saúde pública.

Expansão do Programa de Ensino Integral

Em 2022, mais 778 escolas estaduais, de 118 cidades, passarão a integrar o Programa de Ensino Integral (PEI). Com isso, 1.855 escolas no total serão atendidas pela iniciativa. Em Ferraz de Vasconcelos, serão duas novas unidades, nas Escolas Estaduais Doutor José Eduardo Vieira Raduan e Prefeito Tacito Zanchetta, somadas a três já existentes no município.

Em Suzano, as escolas estaduais Doutor Anis Fadul, Professor Antônio Brasílio Menezes da Fonseca e Professora Leda Fernandes Lopes também adotarão o modelo. Assim, em 2022, 11 unidades da DE serão PEIs.

Criado em 2012, o PEI potencializa a melhoria da aprendizagem e o desenvolvimento integral dos estudantes, nas dimensões intelectual, física, socioemocional e cultural, por meio de um modelo pedagógico articulado a um Modelo de Gestão.

No primeiro, são trabalhadas práticas pedagógicas, como Tutoria, Nivelamento, Protagonismo Juvenil com Clubes Juvenis e Líderes de Turma, além de componentes curriculares específicos, como Orientação de Estudos e Práticas Experimentais, que potencializam a formação integral do estudante a partir do seu Projeto de Vida. O segundo permite o planejamento, desenvolvimento e acompanhamento das ações pedagógicas, de maneira estruturada.

Originalmente publicado em...