Educação SP oferece kit alimentação às famílias em situação de vulnerabilidade social

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) realiza pesquisa para mapear os interessados em retirar gratuitamente um kit alimentação nas escolas onde seus filhos ou tutelados legais estão matriculados. Para receber benefício é necessário atender aos critérios de elegibilidade e fazer a adesão, respondendo ao questionário, disponível na Secretaria Escolar Digital- SED (https://sed.educacao.sp.gov.br/), até o dia 17 de agosto.

O objetivo da iniciativa é oferecer alimentação de qualidade aos alunos da rede pública estadual que se encontram em situação de extrema vulnerabilidade social. O questionário deve ser respondido pelos responsáveis por alunos matriculados na rede pública estadual, que atendam aos critérios elegibilidade.

De acordo com o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, a segurança alimentar dos estudantes, nesta pandemia, é um dos pontos-chave para se manter o aluno na escola. “Alimentar nossos estudantes se tornou uma questão humanitária, neste período. Isso sem falar no impacto na aprendizagem”, destacou.

Critérios de elegibilidade

Podem fazer a adesão ao kit alimentação:

– Inscritos no Cadastro Único – Cadúnico Pobreza ou Extrema Pobreza

– Inscritos no Bolsa família.

A iniciativa é exclusiva aos municípios que fazem parte da rede centralizada de alimentação, ou seja, os que têm a própria Seduc-SP como responsável pela alimentação escolar.

Como preencher o questionário passo a passo

Dentro da plataforma SED (https://sed.educacao.sp.gov.br/), o responsável deve acessar o Menu Questionários> Questionário Adesão a Kits>. Quando aparecer o nome do estudante pelo qual é responsável é só clicar em Pendente. Após preencher o questionário é preciso dar o comando salvar, no final da página. Aqueles que são responsáveis por mais de um aluno devem preencher um questionário para cada estudante.

Os interessados que necessitarem de ajuda no preenchimento do questionário podem procurar as equipes diretivas das escolas onde seus filhos ou tutelados legais estão matriculados e pedir auxílio.

Segurança alimentar e nutricional durante a pandemia

O kit alimentação é mais uma de uma série de iniciativas do Governo de São Paulo, implementadas pela Seduc-SP, para apoiar as famílias mais vulneráveis na superação das dificuldades causadas pela pandemia Covid 19. Fazem parte das ações que promovem a segurança alimentar e nutricional durante a pandemia, o Programa Merenda em Casa, que realizou a transferência de R$ 55,00 mensais por estudante para famílias inscritas no Cadúnico e no Bolsa Família, o  fornecimento de merenda durante o período de suspensão das aulas, na própria escola, a entrega de marmitas aos que preferiam se alimentar em casa e  o kit alimentação, que está sendo retomado em 2021, com a possível inclusão de mais beneficiários.

Originalmente publicado em...