Conheça o diálogo entre a neurociência e a educação

Conhecer como o cérebro lê, escreve, fala, mantém a atenção e a memória é o principal diálogo entre a educação e a neurociência. Este será o eixo central da 2ª Mostra de Neurociência, evento gratuito que o Instituto Singularidades promove entre 15 e 17 de setembro, de forma remota.

Serão seis encontros em vários formatos que irão debater também a urgência do aprender a aprender, a relevância da saúde socioemocional, as sinapses da alfabetização e os múltiplos caminhos do ensino da matemática.

O link para as inscrições é https://materiais.institutosingularidades.edu.br/ii-mostra-de-neurociencia

Segundo a professora Adriessa Santos, bióloga, mestre em Ciências pela USP e organizadora da 2ª Mostra de Neurociência na Escola, a neurociência cada vez mais busca compreender os processos envolvidos na aprendizagem. “A ponte entre a neurociência e a educação está sendo construída, o que significa que ainda há muito o que estudar”, destaca.

Adriessa, que é coordenadora do curso de pós-graduação em “Neurociência na Escola” do Singularidades, destaca aindaque a neurociência não oferece “receitas” ou métodos que digam o que a professora deve ou não fazer em sala de aula. “A neurociência não pretende biologizar os processos de aprendizagem. A neurociência nos ajuda a mudar o nosso olhar”, afirma.

Confira a programação completa da 2ª Mostra de Neurociência

15/09 às 19h [webinar]

Neurociência e Educação: esse diálogo é possível?

Com Adriessa Santos e Roberto Lent

Transmissão pelo YouTube do Singularidades 

Ao contrário de algumas abordagens, a neurociência não propõe metodologias para a sala de aula, tampouco pretende biologizar os processos de aprendizagem. Nesse encontro, os participantes vão conversar que entre esses dois mundos – ciência e educação – há uma ponte e os profissionais da educação tem papel central.

16/09 às 16h [oficina]

Neurokids – Aprender sobre aprender

Com Maíra B. Namura

Vagas limitadas. Transmissão pelo Zoom. 

Você já imaginou crianças pensando sobre o seu próprio desenvolvimento? E sobre o funcionamento do cérebro? Conhecer e questionar como o sistema nervoso funciona pode dar às crianças diversas ferramentas para o aprimoramento de suas atividades, crescimento e conquistas. Nessa proposta as crianças irão, lideradas por uma especialista em Neurociência na Escola, compreender um pouco sobre como suas sensações são o grande conector com o corpo, especialmente dentro da cabeça, através de uma atividade lúdica diferenciada.

16/09 às 18h [mesa redonda]

Neurociência e Educação Matemática: múltiplos caminhos para aprender e ensinar

Com Carolina Piaia, Juliana Silva, Mônica Taborda, Margareth Polido e Valdir Silva

Transmissão pelo YouTube 

Neste encontro, os participantes apresentarão suas experiências com o ensino de matemática para todas as etapas de ensino, a partir de suas práticas baseadas nas contribuições da neurociência, a fim de mostrar como é possível tornar a matemática mais acessível.

16/09 às 19h30 [mesa redonda]

Leitura, escrita e Neurociência: sinapses, caixas de letra e práticas metodológicas

Com Roberta Roque Baradel, Maíra B. Namura e Tatiane K. Hirayama

Transmissão pelo YouTube

A mesa vai explanar os caminhos neurais envolvidos no desenvolvimento da habilidade de ler e escrever, discutindo como a neurociência amplia a prática metodológica da alfabetização.

17/09 às 16h [workshop]

Mindfulness para professores: da neurobiologia a prática

Com Vivian Tiemi

Vagas limitadas. Transmissão pelo Zoom. 

O workshop irá abordar a neurobiologia do mindfulness e de outras práticas e como elas agem no cérebro e quais são os seus benefícios. Além disso, serão ensinadas algumas técnicas que podem ser incorporadas na rotina para melhorar o bem-estar e a saúde.

17/09 às 19h [mesa redonda]

Discutindo com cabeças quentes: o socioemocional na educação e para a formação integral do sujeito em diálogo com a Neurociência  

Com Elisa Mari Akagi Jordão, Ana Carolina Matheus Reggi Belda, Renata Trefiglio Mendes Gomes, Rosimeire Aparecida de Souza e Sarah Braga

Transmissão pelo YouTube 

Neste encontro, a ideia é deixar a razão e a emoção surgirem através da conversa entre cinco pessoas que consideram essencial e trabalham o socioemocional na educação e na formação integral das pessoas. O foco é buscar compreensões sobre assuntos complexos e relevantes tanto antes como agora, neste momento de pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *