Seduc-SP recebe o secretário de educação do Recife, Fred Amâncio

Um dia de compartilhamento de experiências entre a Secretaria de Educação do Recife e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Na última sexta-feira (17), o secretário de educação, Fred Amâncio, a secretária executiva de TI e projetos especiais, Lígia Barbosa, e o secretário executivo de administração e finanças, Ednaldo Moura, todos de Recife, se reuniram com coordenadorias e setores da Seduc-SP para tratar sobre os programas desenvolvidos nas duas pastas.

A primeira roda de conversa foi com Caetano Siqueira, coordenador da Coped (Coordenadoria Pedagógica), e Vinicius Bueno, líder do projeto Gestão de Aprendizagem, e os temas giraram em torno do alinhamento entre as aulas presencias que estão retornando e o ensino híbrido, como o professor se organiza entre o presencial e o remoto, além do trabalho intensivo de recuperação e aprofundamento junto aos professores e alunos.

Em seguida, a reunião contou com a presença de Renilda Peres, secretária executiva da Seduc-SP, e Vitor Moneo, coordenador de Orçamento e Finanças. O principal assunto foi o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE SP). O secretário Fred Amâncio se interessou pelos novos sistemas e a plataforma do PDDE que agilizam o processo de compra pelas escolas, otimizando o tempo dos profissionais da rede envolvidos.

“A Seduc-SP tem uma inovação de liberação de recursos através de atas: a escola manifesta o interesse pelo sistema, nós liberamos via PDDE, e ela então faz a adesão e recebe o equipamento com muito mais rapidez do que se fosse comprada de forma centralizada”, comenta Renilda Peres.

Para finalizar, os visitantes do Recife foram conhecer o Centro de Inovação da Educação Básica Paulista (CIEBP), guiados por Débora Garofalo, coordenadora do programa, e os novos estúdios do Centro de Mídias SP, apresentados pela coordenadora Bruna Waitman. A conversa abordou o Educarecife, um grande projeto da Secretaria de Educação do Recife que envolve transmissão das aulas, plataforma, estrutura para professores, além de distribuição de tablets para professores e alunos com pacote de dados.

“A partir de uma conversa do secretário Rossieli Soares com nossa equipe em Recife no início do ano, ficamos muito empolgados e viemos conhecer este novo momento do Centro de Mídias, os avanços do Centro de Inovação e como estão sendo desenvolvidos os trabalhos na área pedagógica, principalmente em relação à temática do ensino híbrido, que é um desafio para todo país. Outro ponto muito importante neste encontro foi entender melhor como funciona o PDDE SP para fortalecer e descentralizar o processo de compras e adaptar para nossa rede de ensino”, finaliza o secretário Fred Amâncio.

Originalmente publicado em...