No Dia do Professor rede estadual anuncia pagamento de abono salarial para até 190 mil servidores do magistério

O Governador João Doria, junto ao Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares, anunciou nesta sexta-feira (15), data em que se comemora o Dia do Professor, investimentos no valor de R$1,55 bilhão para o pagamento do abono salarial a aproximadamente 190 mil servidores do quadro do magistério da rede pública estadual, incluindo os temporários. O Projeto de Lei que autoriza o pagamento do abono será enviado para a Assembleia Legislativa de SP ainda no mês de outubro.

“Trabalhamos ao longo dos últimos 60 dias para poder fazer a homenagem ao Dia dos Professores ser de fato uma lição de amor e de reconhecimento. Vamos destinar R$ 1,55 bilhão para o pagamento de 190 mil profissionais do magistério, uma ação inédita de reconhecimento do Governo de SP”, destaca João Doria.

O anúncio foi feito durante o encontro promovido pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) com 1,7 mil profissionais da Educação, no auditório Simón Bolivar do Memorial da América Latina. Durante o evento, também foram homenageados 11 profissionais de Educação, com a entrega da Medalha MMDC Caetano de Campos (confira lista abaixo).

“Hoje foi um dia emocionante, até agora estou emocionada. A minha trajetória não foi um trajetória muito fácil, mas a escola pública foi o instrumento que me ajudou a chegar onde eu estou, e poder contribuir e retribuir todo o apoio que eu tive da escola pública para esta rede tão gigante, pra mim não tem preço, é grandioso”, afirma Renilda Peres de Lima, Secretária Executiva da Educação e uma das homenageadas.

O pagamento do abono salarial acontecerá logo após aprovação da Alesp. A medida tem por objetivo cumprir o novo mínimo de 70% de gastos de pessoal, estabelecido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento para a Educação Básica (Fundeb), em caráter excepcional e transitório.

Todos os profissionais do quadro do magistério com exercício efetivo no ano de 2021, efetivos ou não, receberão o benefício. Integram o quadro do magistério: dirigentes regionais de ensino, diretores de escola, professores da educação básica I (PEB I), professores da educação básica II (PEB II), professores II, supervisores de ensino e coordenadores pedagógico.

O valor pago será proporcional à jornada de trabalho, calculada com base no tempo de serviço do profissional na rede estadual durante o ano e sua frequência. O servidor que manteve vínculo ativo na Seduc-SP durante o ano inteiro de 2021, receberá um valor referente aos 12 meses. Caso não tenha trabalhado o ano todo, receberá um valor proporcional ao seu tempo na rede.

O Secretário da Educação, Rossieli Soares, destacou que o pagamento é uma ação inédita que demonstra o reconhecimento do Governo de SP aos profissionais do magistério da rede estadual. “Os professores e profissionais do magistério tiveram de se reinventar nesta pandemia. E o Governo de SP mostrou claramente o valor que dá a Educação neste período”, diz.

Diferentemente do bônus, o pagamento do abono salarial não está atrelado a metas e não será incorporado aos vencimentos. Trata-se de uma medida excepcional para o ano de 2021.

Homenagem

Após o anúncio, um total de 11 profissionais da Educação receberam a Medalha MMDC Caetano de Campos, maior honraria concedida pelo Estado de São Paulo na área da Educação. Os homenageados foram selecionados por meio do projeto Reconhecer, da Seduc-SP, criado para incentivar e valorizar os profissionais que se destacaram no desenvolvimento de ações educativas durante o período de pandemia pela Covid-19 e que promoveram maior engajamento na aprendizagem e desenvolvimento dos estudantes.

“O dia de hoje foi muito feliz para mim, eu fiquei primeiro chocada e depois muito emocionada, foi um prazer imenso, eu ainda estou processando tudo. O meu trabalho é sempre pensando no que vai ser gerado para o aluno. Os meus alunos estavam assistindo e me mandaram um monte de mensagens, estamos todos muito felizes”, celebra a professora Eliane Marques Rocha.

“Essa medalha não foi só pra mim, foi para o meu aluno, para a família dele, foi para todos os meus colegas de trabalho, principalmente os da minha escola, a minha diretora que sempre acreditou no meu trabalho e a professora Cintia que sempre me ajudou muito”, afirma a professora Mayara Evelyn de Souza Abreu.

Lista dos homenageados:
1. Elisa Aparecida da Silva – Diretora da EE Professora Dirce Leopoldina Cintra Villas Boas – DE Pindamonhangaba
2. Ana Paula Do Carmo – Diretora da EE Barão do Rio Branco – DE Piracicaba
3. Giulianna Faria Silva – Diretora da EE Antonio Lerario – DE Jacareí
4. Paula Beatriz de Souza Cruz – Diretora da EE Santa Rosa de Lima – DE Sul
5. Jucilane Araújo Freitas – Diretora da EE Heckel Tavares – DE Leste 2
6. Maria José Barreto da Silva – Professora da EE Professora Claudirene Aparecida José da Silva – DE Sul 3
7. Bárbara Daniela Guedes Rodrigues – Professora da EE Prof. Sebastião de Oliveira Rocha (PEI) – DE São Carlos
8. Eliane Marques Rocha – Professora da EE Professora Amira Homsi Chalella – DE São José do Rio Preto
9. Mayara Evelyn de Souza Abreu – Professora da EE Professor Rafael Orsi Filho – DE Sorocaba
10. Silverli Stuque Alves – Professora da classe hospitalar do Hospital Infanto Juvenil de Barretos – Hospital de Amor, vinculada à EE Prof. Benedito Pereira Cardoso – DE Barretos
11. Renilda Peres de Lima – Secretária Executiva – Seduc-SP

Confira todos os detalhes na apresentação

Originalmente publicado em...