Emenda parlamentar garante Wi-Fi para a moradia estudantil

Uma emenda parlamentar no valor de R$ 1 milhão, proposta pela deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL), garantirá acesso a WI-Fi a cerca de mil estudantes da moradia da Unicamp. A contrapartida da universidade será de R$ 370 mil, a serem usados na implantação do sistema. O projeto propõe a instalação de novos equipamentos e irá contribuir para a melhora das condições de estudo e para a permanência dos alunos na universidade. A deputada, acompanhada da vereadora Mariana Conti (PSOL), foi recebida na segunda-feira (30/11) pelo reitor Antonio José de Almeida Meirelles e pelo pró-reitor de Graduação, Ivan Felizardo Contrera Toro. O encontro contou ainda com a presença de lideranças estudantis e representantes discentes da moradia.

O encontro contou ainda com a presença de lideranças estudantis e representantes discentes da moradia.
O encontro contou ainda com a presença de lideranças estudantis e representantes discentes da moradia

O reitor agradeceu à deputada pela emenda e à vereadora Mariana Conti pelo seu empenho em discutir projetos com o setor de relações governamentais e institucionais da Unicamp, e também por estabelecer “ ponte” com a deputada. “Esse investimento vem ao encontro de um dos objetivos da gestão, que é garantir condições para a permanência estudantil”, explicou Antonio Meirelles. Ele defendeu ainda um “movimento nacional” em prol de políticas públicas de permanência. O reitor mencionou o Movimento Cota Sim, ao qual já manifestou apoio, e reafirmou que é preciso garantir o acesso ao ensino superior gratuito e de qualidade.

Sâmia disse que a reivindicação de um sistema de Wi-Fi para a moradia era considerada “uma luta histórica” e por isso colocou seu mandato à disposição dessa causa. “Temos utilizado nossas emendas para fortalecer as universidades públicas. Com isso colaboramos com o acesso e a permanência dos estudantes”.

Oncologia

Além da emenda para a moradia, a deputada Sâmia Bomfim destinou mais R$ 750 mil em recursos para a compra de equipamentos para o Projeto de Humanização da Oncologia Clínica, do Hospital das Clínicas. O HC da Unicamp é o terceiro hospital do Estado de São Paulo em atendimento de novos casos oncológicos, chegando à média de 65 casos novos por mês. Os serviços relacionados à oncologia alcançam 1000 pacientes de atendimento ambulatorial em Oncologia Clínica, 950 sessões de quimioterapia e 330 pacientes com medicação quimioterápica via oral. A aquisição de novos equipamentos e de medicamentos deve transformar o tratamento dos pacientes com câncer, melhorando sua qualidade de vida, proporcionando humanização e um ganho considerável na qualidade do atendimento.

Moradia

As lideranças estudantis e os representantes dos alunos da moradia relataram ao reitor algumas dificuldades encontradas nas casas que ocupam. Há necessidade de reformas das unidades, problemas com caixas d´água, com excedente de energia, lavanderia, entre outros. Antonio Meirelles informou que a gestão tem “destinado esforços e planejamento” para recuperação das moradias e frisou que os alunos têm assegurado um canal de diálogo com a direção central e com os setores que os atendem diretamente. A pedido dos estudantes, uma nova reunião será agendada no mês de janeiro, para que sejam dados encaminhamentos às ações referentes à moradia.

Originalmente publicado em...