Trilhas cinematográficas para o Novo Ensino Médio

A principal inovação do Novo Ensino Médio é o currículo mais aberto e moderno. O estudante tem a oportunidade de escolher sua trilha formativa e as 10 competências da Base Nacional Comum Curricular permitem uma visão mais contemporânea do ensino. Para as escolas, surge a opção de escolher novas ferramentas de aprendizagem. Foi pensando nestas novidades que a TamanduáEdu, plataforma de filmes na escola, criou uma série de trilhas formativas integradas com este novo modelo de ensino.

São mais de 150 filmes, curtas e documentários nacionais e estrangeiros selecionados por etapas e áreas de ensino e componentes curriculares. Várias obras também podem ser utilizadas na formação continuada de professores. Entre as trilhas, estão Mundo do Trabalho, Projeto de Vida, Sustentabilidade, História da África, Combate à Discriminação, entre outros.

Na trilha Mundo do Trabalho, por exemplo, os filmes abordam várias profissões, como cientista (A Consciência na Ciência), arquitetura (Niemeyer – A Vida é um Sopro), artes visuais (Da Vinci – A História Oculta das Obras de Artes), direito (Sobral – O Homem que não tinha preço) e muito mais.

Em Projeto de Vida, as obras audiovisuais tratam das competências socioemocionais, comunicação social, economia, filosofia, gestão ambiental, entre outros.

Ana Gabriela Lopes, diretora da Tamanduá Edu, explica que o uso pedagógico do acervo vale tanto para as alunas e alunos quanto para os docentes. “A Tamanduá Edu é uma plataforma para ser usada pelas escolas, com espaço para os professores organizarem o planejamento das suas aulas e criarem suas playlists de filmes, de acordo com suas necessidades”, destaca.

A plataforma de filmes na escola é uma ótima opção também para o ensino híbrido, por exemplo. A tecnologia desenvolvida para ela permite a integração de uma rede colaborativa entre gestores, professores, pais e alunos, promovendo a exibição de filmes na escola e em casa com a família, criando um potente ambiente de aprendizagem.

Júlio Worcman, diretor do Grupo Curta! (do qual a TamanduáEdu faz parte, ressalta que “todo conteúdo audiovisual está em sintonia com a BNCC , com Enem e atende as novas exigências do Novo Ensino Médio, como formação profissional e as trilhas formativas”.

A TamanduáEdu possui mais de 6 mil filmes, séries, desenhos e documentários exibidos em festivais nacionais e internacionais sobre música, arte, cinema, filosofia, educação e sociedade, além de mais de mil peças de jornalismo cultural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.