Pavões brancos, mapas antigos e céus estrangeiros: fragmentos de História da Arte nos diários do Prof. Gilson Pedro

Curso – 1º a 22 de junho

Alice começava a enfadar-se de estar sentada no barranco
junto à irmã e não ter nada para fazer: uma ou duas vezes espiara
furtivamente o livro que ela estava lendo, mas não tinha
“E de que serve um livro” – pensou Alice – “sem figuras?

Alice no País das Maravilhas

Gilson Pedro é professor de História da Arte e Cultura, sociólogo e pós-graduado em Sociologia da Arte pela École Pratique des Hautes Études VIe Section. Professor de artes e história da arte do Colégio Equipe desde os anos 70, trabalhou, ainda, como professor no Museu de Arte de São Paulo durante 10 anos. Criou o Scriptorium de História da Arte e, paralelamente, manteve atividade com arte-educação para crianças e jovens. Atualmente, continua no Scriptorium e ligado ao Colégio Equipe.

Nesses 50 anos de magistério, Gilson incorporou o hábito de registrar em diários as inúmeras viagens que realizou ao longo de sua vida. Alguns desses registros, somados a imagens, serão agora apresentados em um curso, como forma de convite ou de degustação às viagens feitas pelo professor, da juventude à idade atual.

O curso será ministrado em quatro encontros, nos dias 1º, 8, 15 e 22 de junho, terças-feiras, das 19h30 às 21h30 e percorrerá os seguintes trajetos:

Aula 1 – A viagem como um ato trágico (1º/06)

Esta sessão tem como ponto de partida a reprodução de uma pintura do romantismo francês de Théodore Géricault (1791-1824) que se encontra até hoje colada na capa do diário de bordo do começo dos anos 1970. Não eram tempos fáceis para um jovem que deixa o Brasil em meio à Ditadura Militar. Aproveitando o espírito angustiado desse pintor romântico, decidimos fazer uma análise quase que psicológica do artista e suas obras, entremeadas com as angústias do jovem viajante.

Aula 2 – O que é partir, senão alimentar o desejo do retornar? (8/06)

Para este encontro, foi escolhido o momento da partida de uma longa viagem do Brasil à Europa, feita a bordo de um cargueiro dos navios do Lloyd Brasileiro. Era uma prática comum na época, inclusive citada na canção Oriente, de Gilberto Gil. Atravessaremos os mares revoltos e calmos de quase um mês de viagem.

Aula 3 – Paisagens Escondidas (15/06)

Em Paisagens Escondidas, mergulharemos no mundo interior das catedrais góticas, na poesia de seus vitrais coloridos e na tragédia de seus incêndios. Buscaremos ainda, no interior dos museus flamengos e holandeses, o mundo escondido dos Países Baixos.

Aula 4 – O silêncio sabe todas as coisas (22/06)

Como epílogo desta nossa série, vamos desvendar a filosofia e as reflexões de dois mestres silenciosos e profundos. Klee e Hopper são os protagonistas desse mundo onde a recomendação é: não siga o conselho de ninguém, exceto do vento que passa e conta a história do mundo.

O curso é promovido pelo Instituto Equipe Cultura e Cidadania e será realizado de forma remota, com o uso da plataforma Zoom.

Público Alvo: adultos e jovens em geral, a partir de 16 anos.
Valor do investimento: R$ 400,00 pagos em duas vezes ou R$ 350,00 à vista.
Haverá emissão de certificado de conclusão do curso.
Para inscrição, clique aqui.
Fraternalmente,

Instituto Equipe Cultura e Cidadania

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *