Escolas municipais de São Paulo retomam aulas presenciais a partir de hoje

Com o fim da fase emergencial do Plano São Paulo, do governo do estado, as escolas municipais da capital voltam a receber alunos hoje. As instituições privadas da cidade estão autorizadas, mas nem todas decidiram pelo retorno presencial. Já na rede estadual, as aulas retornam na quarta-feira (14).

A decisão da volta às aulas foi anunciada sexta-feira (9) pela gestão de João Doria (PSDB). Em março, um decreto do governo estadual já havia tornado a educação um serviço essencial, autorizando assim o funcionamento das escolas em qualquer fase do Plano SP. As atividades presenciais não são obrigatórias, e os alunos continuarão com atividades remotas.

Segundo o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, hoje e amanhã as escolas da rede reabrirão para orientar e comunicar os pais sobre o retorno, além de organizar os alunos em rodízios. Mesmo a educação sendo um serviço essencial, o estado manteve o atendimento dos alunos no limite de 35%. Na rede municipal, o rodízio só não acontece na Educação Infantil.

A orientação da rede estadual é dar prioridade para crianças da Educação Infantil e da fase de alfabetização devido à dificuldades com o ensino remoto e com alunos com defasagem na aprendizagem, com necessidade de alimentação escolar ou com a saúde mental em risco.

“Temos um mapeamento com alto grau de ansiedade, depressão, suicídio, e é importante que a gente tenha nesse mapeamento uma prioridade de atendimento”, disse Rossieli.

Na rede municipal, a Secretaria Municipal de Educação disse também que dará preferência para alunos que são filhos de profissionais dos serviços essenciais como saúde, educação, assistência social, transporte público, segurança e serviço funerário.

Já as escolas particulares não entraram em um consenso. Os colégios Anglo, Dante Alighieri e Santa Maria confirmaram que reabrem hoje aos alunos. O Bandeirantes estuda retornar no dia 19 de abril, depois do período de provas. O colégio Santa Cruz e a Escola Nossa Senhora das Graças (Gracinha) manterão as atividades online.

Leia na Íntegra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *