Alagoas cria projeto inovador para jovens com

iniciativas de educação, renda e trabalho

O aumento de 171% na evasão escolar entre estudantes de 6 a 14 anos por causa da pandemia e a taxa de 25% de desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos – dados do IBGE – exigem das autoridades e da sociedade civil medidas imediatas para reverter este quadro.

Pensando nestas questões urgentes, o governo de Alagoas está lançando uma série de ações integradas de educação, gestão, bolsas de estudo remuneradas e geração de emprego e renda por meio do “Programa Juventudes Alagoanas”, em parceira com o Instituto Unibanco.

A iniciativa será apresentada hoje – dia 13 de dezembro, em São Paulo, no painel Alagoas do Futuro: A transformação das juventudes através da Educação Pública, promovido pelo Governo de Alagoas e o Instituto Unibanco. O encontro contará com a presença do governador Renan Filho, do secretário do Estado da Educação, Rafael Brito e do superintendente-executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques.

O evento terá transmissão ao vivo pelo youtube https://youtu.be/QhUwTAvjiVU

Estruturado a partir de três eixos de atuação – Educação, Participação & Engajamento e Trabalho & Renda -, o projeto engloba uma série de novos programas voltados para o desenvolvimento dos jovens alagoanos, que vão desde bolsas de incentivo para permanência em sala de aula e combate à evasão escolar, até a oferta de cursos profissionalizantes para preparar os estudantes para o mercado de trabalho. É o que explana o secretário da Educação de Alagoas, Rafael Brito, que está à frente das iniciativas.

“O pensar e fazer Educação Pública acontece de forma indissociável à geração de oportunidades para os nossos jovens. Para além do nosso compromisso de manter estes estudantes em sala de aula, que é o lugar o qual eles pertencem, o Governo de Alagoas tem a grande missão de garantir ferramentas para que, uma vez fora do ambiente escolar, eles tenham desenvolvido habilidades, conhecimento e a chance de futuro”, destaca.

O gestor também ressalta a importância de trabalhar a partir de uma estratégia multissetorial e integrada. “O programa Juventude Alagoanas – junto a todas as iniciativas que estão abarcadas dentro dele, a exemplo do Cartão Escola 10, do Professor Mentor e do Vem que Dá Tempo  surge justamente para integrar estes três eixos norteadores:  Educação; participação e engajamento; trabalho e renda. Mais uma vez, sob a liderança do governador Renan Filho, nosso estado sai na frente do restante do país com projetos inovadores que estão transformando a vida de todos que fazem a nossa Educação”

Conheça alguns dos novos programas que integram o Juventudes Alagoanas:

Bolsa Escola 10 prevê uma bolsa mensal de R$100 para os alunos do Ensino Médio da rede pública estadual que tiverem frequência mínima de 80% em sala de aula. Também estabelece o pagamento de R$ 500 para os estudantes que retornaram às aulas presenciais e R$ 2 mil para os concluintes do 3º ano do ensino médio. A previsão é que o programa entre em vigor ainda neste ano e mais de 120 mil alunos sejam beneficiados.

Professor Mentor concede mais de 11 mil bolsas para professores e alunos. Cada professor mentor receberá R$ 1,5mil e o aluno monitor, R$ 250. O objetivo é incentivar a pesquisa no ambiente escolar, combater os déficits de aprendizagem e reduzir o abandono e a evasão escolar.

Já o Vem que Dá Tempo tem o intuito de resgatar e acelerar a educação de jovens e adultos por meio da conclusão do ensino fundamental e médio. Vai oferecer mais de duas mil bolsas para profissionais da rede estadual, com remuneração de R$ 1.500, que atuarão nos eixos de pesquisa, busca ativa, mediação tecnológica, cursos preparatórios e aplicação do Exame Estadual de Avaliação e Certificação na modalidade EJA. Além disso, o programa também concede até R$500 de incentivo para os jovens maiores de 18 anos, há mais de 2 anos fora da escola e em situação de vulnerabilidade social, que fizerem o curso preparatório – com 80% de frequência – e passarem na prova de certificação.

Educação para o Emprego vai orientar e preparar os alunos do EJA para conquista de um emprego, com uma série de aulas voltadas para o mercado de trabalho e incentivo para ações empreendedoras.

Pontapé Educação será lançado durante o evento e vai ofertar 1,2, mil vagas para estagiários nas unidades de ensino da rede estadual, nas mais diversas áreas de atuação acadêmicas, como Direito, Nutrição, Educação Física, Administração e Ciências Contábeis. Terá ainda uma bolsa educacional, em valor mensal de um salário mínimo.

Serviço

Alagoas do Futuro: A transformação das juventudes através da Educação Pública

Data: 13 de dezembro (segunda-feira)

Hora: das 8h30 às 12h

Transmissão ao vivo: https://youtu.be/QhUwTAvjiVU

Para participar da coletiva presencialmente ou via zoom, registre-se por e-mail no insitutounibanco@cdn.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.